23 de jun de 2011

Quando buscar a Deus?


Certa vez me contaram uma história de um casal morava numa casa que tinha uma goteira. Toda vez que chovia a mulher se dirigia ao marido e pedia para que ele resolvesse aquele problema. Ele sempre respondia que não seria possível consertar no momento, pois estava chovendo e o conserto deveria ser feito por fora da casa. Num belo domingo de sol a esposa lembrou-se da goteira e perguntou ao marido: "Meu bem, porque você não aproveita este dia de sol e conserta aquela goteira?" Ele respondeu: "Mas por que eu deveria consertar se não está gotejando?”


Esta ilustração mostra que muitas vezes só nos lembramos dos problemas e da necessidade de solução quando chove, ou seja, nos momentos difíceis da vida quando as conseqüências dos problemas se manifestam. 
Quando a chuva cessa, parece que não temos mais interesse em resolver os problemas. Não havendo conseqüências, agimos como se não houvesse problemas e temos a tendência de não mais buscar a Deus.Faraó só se lembrava de Deus quando as coisas iam mal, então chamava Moisés e rogava que a praga fosse removida. Quando Deus removia a praga o coração de Faraó novamente se endurecia.

Será que não agimos de certa forma como Faraó? Quando tudo está mal buscamos ao Senhor, mas quando o mal cessa nos esquecemos dEle.
As coisas vão mal para você? Busque ao Senhor. Os problemas já foram resolvidos e agora está tudo bem? Louve a Deus e agradeça. Mas não se esqueça do Senhor depois da chuva. A nossa busca pelo Senhor não tem que apenas por uma ocasião ou situação, mas sim de forma contínua. “Buscai ao Senhor e a sua força; buscai a sua face continuamente” (1Cr 16.11)
Colunista: Mario Melo

2 comentários:

CIB INFORMATICA disse...

Uma pena que realmente muitos só lembram de buscar a Deus quando estão na necessidade, mas a verdadeira busca está no momento da bonança pois é uma busca espontânea e de gratidão.

Flavio Pimentel disse...

Ao receber algo de Deus, não podemos nos esquecer de sermos gratos. E devemos sempre buscar a face de Deus para que possamos andar sempre em espírito.