18 de jun de 2011

Tem nada a ver! (Será que não tem mesmo?)

 As pessoas acreditam que podem fazer o que bem entendem. Para muitos que não conhecem a Deus corretamente, o certo e o errado confunde-se, onde muitos querem criar suas próprias normas de vida e se pegam em jargões tipo: “isso é normal”, “tem nada a ver”, “todo mundo faz”, “os tempos são outros agora”... São conversas como essas que ao ponto de vista deles, o que não tem nada a ver, lá na frente tem tudo a ver com a destruição deles, pois estarão envolvidos num erro talvez sem volta. Hoje em dia vivemos numa sociedade repleta de inversão de valores onde agora o errado de antes é tido como certo e normal de hoje, como por exemplo: perder a virgindade e homossexualismo para eles “é normal” e “tem nada a ver”. Mas a Palavra de Deus fala claramente sobre essa conduta em Isaias 5.20 “Ai dos que ao mal chamam bem e ao bem, mal! Que fazem da escuridade luz, e da luz, escuridade, e fazem do amargo doce, e do doce, amargo!”.
Jovens que não estão nem ai para o estudo das Escrituras e que desprezam as doutrinas bíblicas, acabarão por assimilar os costumes do mundo. Precisamos viver segundo os padrões bíblicos, pois quem ignora as verdades bíblicas assimila mais fácil os costumes do mundo (Lv 18.3). A Palavra de Deus é o nosso padrão de certo e errado: “Fareis conforme os meus juízos e os meus estatutos guardareis, para andares neles...” (Lv 18.4). Esse texto é bem claro quando adotamos a Palavra de Deus como meio único de discernirmos o certo do errado. Jamais se deixe levar pelos valores e a maneira de proceder da sociedade corrompida onde você está inserido. Jesus venceu os enganos de Satanás no deserto com a Palavra. Através das escrituras você também pode vencer, pois uma coisa lhe digo: NADA A VER SE DEIXAR LEVAR PELOS COSTUMES ERRADOS DO MUNDO.
Colunista: Mário Melo

Nenhum comentário: