18 de jul de 2011

Experiências de uma viagem missionária III

Durante o impacto
 Período Prático

Assim que amanheceu o dia já estávamos todos de pé, dois obreiros da base lideraram a nossa equipe, Missionário Eric da Igreja Batista Monte das Oliveiras e a Missionária Daniele da sede da igreja Assembléia de Deus em Alagoas, o nosso transporte chegou bem cedo, só deu tempo de orar e se despedir da outra equipe. Louvamos durante toda a viagem, e que viagem! Foram quatro horas de carro até chegarmos à cidade de Ouro Branco que fica no alto sertão Alagoano, a igreja que nos recebeu foi a igreja Batista da Comunhão, na pessoa do Pr. Alexandre, ficamos hospedados na casa pastoral, assim que chegamos fomos conhecer o lugar, uma cidade pequena e muito pobre, faziam três meses que estava sem água, saímos na rua todos fardados e muitas crianças nos cercaram perguntando quem éramos nós, e já aproveitamos pra falar a elas do amor de Jesus e convidá-las para o culto que iria ocorrer a noite, só de passar alguns estantes na rua percebemos que as pessoas são muito idólatras, e que isso seria um desafio para cada um de nós. Durante o culto percebi que a igreja é muito avivada, eu e os outros assembleianos que foram nos sentimos como se estivéssemos em nossas igrejas, o pastor fez questão de dizer que ficássemos a vontade pra glorificar rsrsrs, o culto foi uma benção fomos apresentados a igreja com muito carinho pelo Pr. Alexandre, no final do culto os irmãos da igreja vieram nos saldar e nos da às boas vindas, fomos dormir cansados, porém com muita expectativa do que Deus iria fazer durante aqueles dias.
Culto de Santa Ceia
No Domingo pela manhã fomos para escola Dominical e a tarde fomos divididos em duplas para o evangelismo nas casas, as pessoas sempre nos recebiam muito bem, porém na maioria das casas as paredes eram forradas por imagens de santos, quando recebemos as instruções fomos avisados pra não falar em momento algum sobre “religião” pois as pessoas daquele lugar são muito devotas de Pd. Cícero, porém isso não nos intimidava em momento nenhum, se eu fosse contar experiências que vivi em cada casa que passei daria um livro rsrs, a maioria das pessoas queria nos contar sua história de vida, e em todas essas casas, deixou o Espírito Santo operar segundo a sua vontade, muitas pessoas aceitaram a Jesus durante essas visitas. A noite foi santa ceia, um culto tremendo, senti fortemente a presença de Deus, a igreja é muito animada, pulamos muito, tivemos toda a liberdade pra dançar na presença do Senhor, ali eu me senti livre para adorar a Deus com o meu melhor, o que muitas vezes é complicado de fazer em nossas igrejas impedidos pelo tal “tradicionalismo”! Também pude ver mãos levantadas em adoração, línguas estranhas, e o principal, na hora do convite, muitas das pessoas que nós convidamos estavam lá, e aceitaram o convite da Salvação.
Durante a Caminhada
No meio da Caatinga
Na segunda feira,  saímos pra evangelizar em um sítio muito distante da cidade aproximadamente 11km, andamos durante quase todo dia, sempre passando nas casas e convidando as pessoas pra o impacto evangelístico que ia acontecer em uma escola daquela região, foram quase 6 horas de caminhada no meio da caatinga, as casas eram muito distante uma das outras, conheci famílias que vivem sem situação de miséria, chegamos em uma casa onde a única fonte de renda é o bolsa família, pois não tem como plantar porque a terra é muito seca, lembro-me que fomos muito bem recebidos naquela casa, ficaram muito felizes com nossa presença, seus olhos brilhavam enquanto Eric falava do amor de Deus, e não pensaram duas vezes na hora de aceitar Jesus.
 Já no final do dia quando estava bem perto do lugar onde íamos realizar o impacto, eu, nossa líder Daniele, e mais duas meninas da equipe, Andressa e Gabi, passamos por uma casinha, chamamos e logo veio um senhor, ele estava muito embriagado, ainda assim parou para nos ouvir, comecei a falar do amor de Deus, e li parábola do filho pródigo, enquanto estava lendo, ele se derramou em lágrimas, e disse que havia muitos anos que tinha deixado a igreja, convidamos pra ir ao impacto que iríamos fazer a noite em uma escola próxima a casa dele, ele aceitou nosso convite, então ficamos em espírito de intercessão pela vida daquele senhor.
 Assim que chegamos ao local do impacto preparamos tudo e aguardamos ansiosos pela chegada dos moradores daquela região. O lugar ficou repleto de crianças e jovens que vieram de longe, fizemos apresentações com coreografias, teatro, louvores, e o principal, a palavra de Deus, naquele dia, para honra e glória do nome de Jesus quase 40 pessoas entre adultos e crianças tomaram a decisão por Jesus. O pastor ficou muito feliz e já fazendo planos de abri uma congregação naquele lugar. Graças a Deus,  Jesus mandou uma van pra ir nos buscar, pois se não fosse isso iríamos voltar a pé pra cidade! Foi um dia realmente muito cansativo esse, já na hora de dormir olhamos um para o outro, parecendo não acreditar no que Deus fez naquele lugar, na forma maravilhosa que ele nos usou pra cada vida ali, e de como foi recompensador, e quando Eric brincou perguntando quem toparia fazer tudo de novo, todos levantaram as mãos, Glória a Deus!
Continua...
Amados, essa é a experiência de um de nossos colunistas, o Túlio. Me emocionei lendo esse post, acompanhe essa leitura e ore pela vida desse jovem servo de Deus. Fiquem na Paz!

Nenhum comentário: