1 de abr de 2013

EU SOU LIVRE?




Liberdade, essa é uma das principais buscas de todo ser humano. Ninguém gosta de se sentir preso, oprimido, escravizado. A história esta recheada de lutas por liberdade e ela nos mostra guerras, conflitos e grandes batalhas pela conquista da tão desejada liberdade, pela libertação da opressão de um povo dominador.  Hoje, a grande maioria dos países são livres e em sua constituição garantem liberdade ao seu povo, o Brasil é um exemplo disso.
Apesar de hoje não termos mais escravidão e nem sermos mais uma colônia de Portugal, o desejo pelo sentimento de liberdade permanece no coração de todos os homens e mulheres, jovens e adultos. Sempre vemos as pessoas lutando por independência financeira, independência dos pais e até mesmo independência de qualquer coisa que queira ditar regras.

A grande maioria das pessoas fanáticas por motos dizem gostar disso pois o vento no rosto enquanto pilotam traz uma sensação de liberdade. Isso não deixa de ser uma verdade, e realmente é muito bom poder se sentir livre! Essa busca por liberdade normalmente começa pela adolescência e juventude, quando as pessoas costumam se sentir reprimidas pelos pais ou pelo sistema. Sendo assim, muitos acreditam dar o seu grito de liberdade ao tomarem o primeiro porre, ao fumarem o primeiro baseado ou com a perda da virgindade.
Após o ”grito de liberdade”, muitos pensam terem de fato encontrado a liberdade podendo chegar em casa de uma balada com o dia amanhecendo, outros pensam que a liberdade esta em um cigarro no meio dos dedos, em um baseado no fim de tarde, na cervejinha com os amigos, no sexo sem compromisso… mas, será que isso realmente é liberdade?
Será que fumar um cigarro só para não se sentir sozinho é liberdade? Será que beber uma cerveja para fazer um ‘social’ com os amigos é liberdade? Será que encher a cara ou fumar um baseado para fugir da realidade é liberdade? Será que fazer sexo sem compromisso só para satisfazer seu ego é liberdade? Será que isso tudo é liberdade ou necessidade de se sentir aceito? Será que com isso somos mesmo livres ou somos escravos?
A bíblia nos fala que Jesus veio para nos libertar. Mas, libertar do que? Ele veio para nos libertar do pecado, da condenação, da vergonha, do medo, da falsa liberdade do mundo… enfim, veio nos libertar da escrevidão de satanás.
Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres. João 8:36
Quando entregamos nossa vida a Cristo e deixamos Ele nos libertar, ai sim nós encontramos a verdadeira liberdade. Em Cristo conhecemos nossa verdadeira identidade e não há mais nenhuma condenação sobre nós! A partir do momento em que passamos a viver a liberdade de Cristo, não precisamos mais viver para agradar aos outros! Em Jesus temos liberdade para nos expressarmos, para vivermos, para sermos quem realmente somos!
Conforme vamos conhecendo a verdade da Palavra de Deus vamos sendo libertos da escravidão do mundo (João 8:32). A medida que vamos ficando mais íntimos de Deus, somente a Sua vontade passa a importar para nós. Não precisamos mais da aceitação do mundo, pois Deus passa a ser o nosso sustento. Temos liberdade em dizer não para as drogas, bebida, sexo ilícito sem nos importarmos com a opinião dos outros, pois sabemos quem somos em Cristo! Quando nosso alvo é Cristo, não precisamos mais viver para agradar aos outros, viver de aparências… precisamos viver apenas para agradar a Jesus!
Pense que incrível, liberdade de verdade!! Chega de sermos escravizados pelo pecado, chega de sermos escravizados pelo o que o mundo impõe. Não precisamos mais viver amarrados pelo inimigo, vamos viver a liberdade que Jesus conquistou para nós lá na cruz! O sacrifício dEle não foi em vão! Se existe algo no qual devemos estar preso, é na liberdade que temos em Cristo!
Você quer viver uma liberdade que te escraviza e te corrói, como a que temos no mundo ou quer viver uma liberdade que realmente te liberta através de Jesus? Se você quer dar seu grito de liberdade em Jesus e viver uma vida com Ele, te convido a repetir a oração abaixo.
“Senhor Jesus, eu preciso de Ti. Eu preciso da tua graça e do teu perdão… eu preciso que o teu amor venha me transformar e me libertar. Obrigado por me amar e obrigado por ter morrido na cruz para que hoje eu pudesse ter vida e liberdade. Eu reconheço o teu sacrifício e te aceito como meu Senhor e Salvador. Peço que venhas habitar em meu coração e que eu possa experimentar a vida e a liberdade que há em Ti. Venha a cada dia me ensinar as tuas verdades e venha firmar meu coração em Ti. Agora pertenço a Ti e viverei para Ti… amém.”

Gustavo L. Venturelli

Um comentário:

Anônimo disse...

Bruna Kassia

Lindo Texto da Liberdade, só em Jesus encontramos essa liberdade, e nos sentimos "LIVRES"