12 de jun de 2013

NAMORO CRISTÃO


NAMORO

Definição: é um período de conhecimento mútuo de duas personalidades entre duas pessoas do sexo oposto, com a finalidade de irem para um possível casamento; é o primeiro passo para o casamento.

Sendo uma fase de conhecimento é preciso que o jovem saiba que este conhecimento não é físico, e sim, cultural, psíquico, temperamental, espiritual, e do caráter, em fim, tudo que se diz respeito da personalidade do outro.
“ Portanto procure conhecer bem ele(a) hoje para não se arrepender amanhã".

CONSELHOS PARA OS JOVENS SOBRE O NAMORO
  •  A oficialização do namoro é muito importante; cuidado com o namoro “clandestino”.
  •  Cultivem o hábito de orar e ler a Bíblia juntos.
  • Evitem namorar todos os dias; nunca namorem em lugares escuros e desertos, ”a familiaridade gera desrespeito”.
  •  O namoro não deve ser longo de mais ou curto de mais.
  • Quando surgir dúvidas ou problemas, procure conselheiros idôneos, de confiança e cristãos.
  • Evitem carícias no namoro; evitem a todo custo.
  • Ao saírem para passear procurem ir a lugares aonde vão se divertir, mas para glória de Deus.
  • Não se esqueça: santidade –Comunicação – Sinceridade – e compromisso, são palavras de ordem no namoro.

A DIFERENÇA DE AMOR E PAIXÃO

Amor - É algo que cresce e se desenvolve.
Paixão - É repentina, aparece num momento.
Amor - Baseia-se no compartilhar mútuo.

Paixão - Baseia-se na satisfação egoísta.
Amor - Concentra-se em uma pessoa como alvo.
Paixão - Tem dificuldade de amar uma só pessoa.

Amor - Caracteriza-se por segurança e confiança.
Paixão - Caracteriza-se por insegurança e ciúmes.

Amor - Compreende que o físico é uma parte do amor.
Paixão - Compreende que o físico é o centro e o mais importante.
Amor - Há respeito mútuo.
Paixão - Há exploração ou manipulação por parte de um.
AMOR - Seus ideais se baseiam na realidade de sua personalidade e possibilidades.

Paixão - Seus ideais se baseiam em fantasias.
AMOR - O amor os leva a crescer conhecer e ajustar-se.

Paixão - As emoções são inconstantes, sente amor e repudio uma vez ou outra.
AMOR - Ajunta-se e buscam o melhor para o outro.
Paixão - Há competição para ver quem tem a última palavra.

 QUANDO O NAMORO SE TORNA MUNDANO OU CARNAL

Se alguém me pergunta: Qual o maior problema entre os casais de namorados hoje em dia?Eu responderia: A infiltração carnal e mundana no namoro dos nossos jovens.
Vejamos os passos que levam os jovens a prática da fornicação e do adultério no namoro:

CARINHO- CARÍCIAS - PERMISSIVIDADE E DESCONTROLE.
“Será que você pode carregar fogo no colo sem queimar a roupa?”.“Será que você pode andar em cima das brasas sem queimar os pés?” (PV. 6.27-28).

RAZÕES PARA NÃO PRATICAR O SEXO ANTES DO  CASAMENTO:
  • Infligem ás leis divinas. (1Ts. 4.3.8/ Co. 3.16.);
  • Interrompem á comunhão com Deus;
  • Prejudica a comunhão do casal;
  • A atração física suplanta o amor;
  • Acarreta risco de contrair doenças venéreas;
  • Leva a um comportamento sexual vicioso;
  • Transforma-se em um caminho de fácil experiência;
  • Extraconjugal;
  • Desperta o sentimento de inferioridade;
  • Desfaz o encanto do relacionamento físico no contexto do casamento;
  • Faz nascer um ressentimento e corrói o respeito;
  • Destrói a confiança e suscita o medo de comparação;
  • Há risco de uma gravidez indesejada;
  • Mancha a reputação;
  • Estremece o relacionamento entre país e filhos;
  • Em casos de rompimento, este será mais doloroso.


(Pr. Isaias Silva - seminarista e escritor)

Nenhum comentário: