10 de mar de 2014

VIDA PELO ESPÍRITO



Não é fácil ensinar e defender os valores que Deus deseja que tenhamos num mundo em que eles estão fora de moda e distorcidos. Como falar em amor a seres tão egoístas, corruptos, interesseiros; de alegria e paz, num contexto de sofrimento e guerras; de paciência, num mundo intolerante; de amabilidade, bondade e mansidão, onde há tanta maldade, violência e ira; de fidelidade para quem aceita a traição como normal e de domínio próprio quando somos incentivados a liberar nossas emoções, sejam quais forem?


A questão é que por nós mesmos não conseguimos viver esses valores – chamados no texto de hoje de fruto do Espírito. Aí está o segredo: eles só são desenvolvidos quando o Espírito Santo de Deus está presente e atua na transformação de uma vida. A pessoa vai trocando os “valores” do mundo por aquelas virtudes que tem valor no Reino de Deus. Não é uma mudança imediata – vai resultar do estudo da Palavra, do convencimento do que é pecado e arrependimento, do desejo de obedecer a Deus por amor a ele e não visando obter algo. Assim, o filho de Deus deixa de praticar aquilo que antes era “normal” e aceitável – as “obras da carne” – para viver conforme o que realmente tem valor para Deus.

Não tem jeito: sem o Espírito Santo, você não terá como desenvolver o que são efeitos naturais dessa presença santa na vida. O fruto é do Espírito na pessoa, não do próprio cristão. Ser “bonzinho” não é o suficiente. Se você quiser agradar a Deus, precisará dedicar sua vida a ele, crendo no sacrifício de Cristo para perdão dos seus pecados e livramento da morte eterna no inferno. Que tal fazer isso agora? Deus transformará sua vida e fará crescer este fruto, levando-o a praticar os valores que importam no reino de Deus e fazer diferença neste mundo.

+++

Pão Diário; nº 14.

Nenhum comentário: